terça-feira, 30 de setembro de 2014

TriO'Clock na final do 23º Concurso Nacional de Poesias Augusto dos Anjos

TriO'Clock tocará na final do 23º Concurso Nacional de Poesias Augusto dos Anjos

A banda TriO'Clock, composta pelos músicos Alexandre Scio (guitarra), Pedro Crivellari ( bateria) e Messias Lott (baixo), fará uma apresentação no Museu Espaço dos Anjos o dia 14 de novembro, na final do 23º Concurso Nacional de Poesias Augusto dos Anjos.

Trata-se de um "grupo de música instrumental progressiva que tem o objetivo artístico de criar um repertório de músicas populares em versões diferenciadas, fundindo estilos como jazz, rock clássico e música mineira", conforme anunciado em rede social.

Veja a programação completa das Homenagens pelo Centenário de Morte de Augusto dos Anjos neste endereço.

segunda-feira, 29 de setembro de 2014

Centenário Lacyr Schettino: Concurso Literário

Estão abertas as incrições pra o Prêmio AFEMIL-Universidade Livre 2014, promovido pela Academia Feminina Mineira de Letras e Universidade Livre da Academia Mineira de Letras.




Declamação de poesias pelos alunos da Conhecer

Lápide do túmulo de Augusto dos Anjos no Cemitério Nossa Senhora do Carmo, Leopoldina, MG
A Conhecer Educação e Cultura, escola de educação infantil e ensino fundamental, participará das homenagens pelo Centenário de Morte de Augusto dos Anjos no exato dia em que se completam 100 anos de falecimento do poeta paraibano. A instituição levará alunos de 4º e 5º anos para declamarem poesias à beira do túmulo.

A Conhecer está localizada na Rua Dom Aristides nr. 67, na Vila Esteves e está presente na internet através do blog e de uma rede social.

Vejam a programação completa das homenagens neste endereço.

sábado, 27 de setembro de 2014

Entrevista com representantes da Cena Cultural em Leopoldina

Ouçam: Amanda Almeida da Secretaria de Cultura, a acadêmica Natania Nogueira, Berê e Mara Maximiano do Conservatório de Música Lia Salgado, participaram do Programa do Arnaldo, na Rádio Jornal AM neste sábado, às 10:30, para falar sobre as atividades que estão acontecendo na cidade atualmente.

sexta-feira, 26 de setembro de 2014

Grupo Antique homenageia Augustos dos Anjos



Abrindo a programação noturna do dia 31 de outubro, no Museu Espaço dos Anjos, às 19 horas o Grupo Antique apresentará a peça O Morcego, para coro. Música: Nestor de Hollanda Cavalcanti. Texto: Augusto dos Anjos. 


Segundo o regente José Gabriel, o grupo apresentará músicas em coro à capela, com temática relacionada à obra/origem de Augusto.

quinta-feira, 25 de setembro de 2014

Visitas ao Museu

Visitas Guiadas ao Museu Espaço dos Anjos
Museu Espaço dos Anjos
O Museu Espaço dos Anjos reúne um acervo documental e iconográfico sobre o poeta que lhe empresta o nome. Guarda, também, outros itens que foram reunidos durante os mais de 25 anos em que a casa foi mantida por Luiz Raphael Domingues Rosa, seu idealizador. 

Durante as homenagens pelo Centenário de Morte de Augusto dos Anjos, as visitas guiadas à casa onde ele morou pretendem atingir um objetivo mais amplo. Além de conhecer o acervo, o visitante poderá transitar pelas dependências do pequeno imóvel onde ele passou os últimos meses de vida, escreveu poemas, refletiu, e tomou decisões a respeito da escola para a qual fora nomeado diretor, razão para sua transferência para a pequena cidade de Leopoldina.

Desta forma a entidade cumpre sua missão de fomentar a arte poética e preservar a memória de Augusto dos Anjos.

Veja a programação completa das homenagens neste endereço.

quarta-feira, 24 de setembro de 2014

Cielo e Mar na voz de Marum Alexander

O maestro e tenor Marum Alexander, presidente da Academia Ubaense de Letras, interpreta Cielo e mar, de La Gioconda, ópera de Amicare Ponchielli.



Ouça, vote, compartilhe!

Non t'amo più, interpretada por Marum Alexander

Da série Música de Câmera, esta gravação traz a interpretação de uma peça de Francesco Paolo Tosti, por Marum Alexander.


Ouça, vote, compartilhe!

Marum Alexander interpreta La donna è mobile, de Rigoletto

Uma das mais famosas árias de Giuseppe Verdi, aqui interpretada por Marum Alexander, da Academia Ubaense de Letras.


Ouça, vote, compartilhe!

Árias operísticas com Marum Alexander

Nesta gravação, o presidente da Academia Ubaense de Letras interpreta Addio, fiorito asil, de Madama Butterfly, obra de Giacomo Puccini.


Ouça, vote, compartilhe!

Marum Alexander na Série Árias Operísticas

O tenor Marum Alexander, presidente da Academia Ubaense de Letras, interpreta C'hella mi creda libero e lontano - La fancciula del West, de Giacomo Puccini.


Ouça, vote, compartilhe!

Oficina de Fanzine

Homenagem ao Centenário de Morte de Augusto dos Anjos
Oficina de Fanzine

A professora Amanda Almeida escolheu o tema Augusto dos Anjos: vida e obra para a oficina de fanzine que será realizada no dia 31 de outubro, no Museu Espaço dos Anjos, das 14 às 16 horas. Segundo ela, “será uma oportunidade de incentivar esse tipo de veículo como recurso metodológico na sala de aula, além de promover um exercício de criatividade e livre expressão”. 

O fanzine, explicou a professora, “é uma forma bem particular de publicação”, com motivos que variam desde a divulgação de trabalhos artísticos à abertura de um canal de contato com outras pessoas de mesmo interesse. 

As inscrições para as oficinas podem ser realizadas no Museu Espaço dos Anjos, Rua Barão de Cotegipe nº 386.

Esta é mais uma atividade em homenagem ao Centenário de Morte de Augusto dos Anjos, cuja programação completa está disponível neste endereço.

terça-feira, 23 de setembro de 2014

Eu e os Anjos

Centenário de Morte de Augusto dos Anjos
O documentário de José Sette Barros do espetáculo de teatro Eu e os Anjos, com o ator Kimura Schettino e depoimentos de Ferreira Gullar, Ledo Ivo, Ivan Junqueira e Alexei Bueno, será apresentado no dia 13 de novembro de 2014, às 19 horas, no Museu Espaço dos Anjos, como parte das homenagens pelo centenário de morte de Augusto dos Anjos.

sexta-feira, 19 de setembro de 2014

Luiz Raphael: um pintor da memória e da luz

Centenário de Morte de Augusto dos Anjos


No dia 31 de outubro de 2014, o Museu Espaço dos Anjos receberá o acadêmico Elias Fajardo para uma palestra sobre seu grande amigo Luiz Raphael Domingues Rosa, o leopoldinense que durante longos anos manteve o Espaço dos Anjos, na casa onde viveu o poeta paraibano.
Segundo Elias, 

"Luiz Raphael foi artista visual, professor, animador cultural, pesquisador, carnavalesco e, acima de tudo, um grande batalhador pela cultura na nossa região.
[...] Ele pertenceu profundamente à sua terra e foi também, pela sua abertura de idéias, um cidadão do mundo.Durante décadas, com paciência, sensibilidade e pincéis pequenos, captou a alma da cidade e reconstruiu lugares que muitas vezes já desapareceram, mas que sobrevivem na nossa lembrança. Diante de sua pintura, sentimo-nos como se Raphael nos pegasse pela mão e nos levasse a percorrer e a apreciar casas, becos, esquinas, praças, jardins, quebradas, climas e sentimentos banhados de uma luz brilhante e calorosa".
Veja a programação completa das homenagens pelo Centenário de Morte de Augusto dos Anjos aqui.

quinta-feira, 18 de setembro de 2014

Missa em Latim

Missa em memória de Augusto dos Anjos
Tão logo iniciamos a publicação das homenagens pelo Centenário de Morte de Augusto dos Anjos, internautas começaram a enviar comentários, a maioria trazendo cumprimentos e incentivos. Uma das primeiras mensagens manifestava surpresa e alegria por ter sido incluída a Missa celebrada em Latim que será celebrada às 19 horas do dia 6 de novembro de 2014, pelo Monsenhor Chamel, na Capela do Asilo Santo Antônio. Foi o mote para pedirmos aos membros da Academia Leopoldinense de Letras e Artes que dissessem o que esta forma de celebração representa para cada um.

As respostas confirmam que a ALLA congrega pessoas que pensam a cultura - e a arte em particular, como um conjunto de práticas indissociáveis da história. E para os acadêmicos da área de história, o evento ajuda a compreender e realimentar a memória coletiva.

Vejamos, de forma resumida, o que disseram alguns deles.

"No decorrer do tempo, há mudanças e evoluções. Sem interrupções bruscas e fatais com o passado. É um processo em movimento constante. Fundamenta-se no passado o status de hoje.
Nós, como adultos, conservamos um pouco da criança, do jovem que fomos. E nos comprazemos em despertar vivências do passado. Isto vale também para o domínio religioso e cultural, de modo mais abrangente.
Até final dos anos sessenta do século passado, tínhamos a Missa em Latim. O celebrante se posicionava de frente para o Sacrário e de costas para os fiéis. Como se estivesse conversando com Deus e os fiéis... assistindo. Havia nisto um sentido místico. Aliás, misticismo é próprio de espírito religioso. Religião deve mexer mais com o espírito do que com o bolso de seus adeptos.
Assim, uma Missa em Latim, em tempos atuais, sobre ser um ato religioso, reveste-se de um significativo caráter cultural e psicológico capaz de mexer com o sentimento dos idosos e provocar a curiosidade dos mais novos".  LM
"A ideia da Missa em Latim surgiu como forma de resgatar um pouco das práticas da época em que Augusto dos Anjos estava em Leopoldina". GC

"Acho que tem todo o sentido. É a celebração tradicional, mais solene, mais bonita. Combina melhor com a linguagem do poeta e é como se celebrava em seu tempo". AB

"Durante mossa reunião ordinária, comentou-se que os mais jovens apenas ouviram falar sobre as missas de antigamente que eram celebradas em latim. Como estamos comemorando um fato ocorrido em 1914..." RB

"A missa em latim remete ao fato de ser cantada em gregoriano. Será uma viagem no tempo, inclusive de Augusto, quando ainda se rezava em latim na Igreja Católica". JG

"Assisti, quando criança, muita missa em latim. Acredito que no dia 06 de novembro teremos a oportunidade de assistir a uma linda missa, que falará diretamente ao coração de cada um de nós". MJM

"Acho bom reviver o clima da Missa em Latim. Foi uma boa ideia incluí-la no programa". GB

"A missa em Latim seria bastante interessante, pois é uma oportunidade de as pessoas conhecerem um pouco a tradição, a cultura e perceber que o poeta também conhecia Latim, conforme se verifica em alguns sonetos". MJG

quarta-feira, 17 de setembro de 2014

Concurso de Poesias: outras dúvidas de internautas

Nesta postagem responderemos mais algumas questões que nos chegaram através de comentários neste blog. 



4 - Os participantes do Concurso receberão certificado de participação?

Sim, todos os participantes que solicitarem, através da Ficha de Inscrição, receberão Certificado com chancela da Academia Leopoldinense de Letras e Artes e da Secretaria Municipal de Cultura, Esporte, Lazer e Turismo do município de Leopoldina.

5 - Será publicado um livro com as poesias mais votadas?

Não. Conforme item 7.5 do Edital, o resultado do Concurso será publicado no Diário Oficial do Município, no jornal Leopoldinense e no blog da Academia Leopoldinense de Letras e Artes, podendo ser republicado nos demais meios de comunicação. As três poesias vencedoras serão publicadas no blog da Academia e distribuídas entre os meios de comunicação que estão participando da divulgação do evento.

6 - A organização do concurso indicará declamadores para autores que não residem em Leopoldina?

Se for do interesse de autores, residentes ou não em Leopoldina, a Comissão Organizadora do evento poderá repassar o contato de participantes da Oficina de Declamação do dia 24 de outubro e de outros intérpretes que deixaram endereço com a Comissão. Entretanto, conforme determina o item 7.3 do Edital, "a leitura / apresentação / interpretação de obra selecionada ficará sob a responsabilidade de seu respectivo autor ou de pessoa por ele designada".

Concurso de Poesias: dúvidas de internautas


Recebemos vários pedidos de informação e perguntas, através da caixa de comentário do blog, sem indicação do endereço de e-mail para resposta. Reunimos alguns por tópicos nesta postagem.


1 - Qual o endereço para contato?

Conforme o item 8.2 do Edital do 23º Concurso Nacional de Poesias Augusto dos Anjos, a comissão organizadora pode ser consultada através dos telefones (32)3694-4277 ou (32)8897-6936 e pelo e-mail. Além disto, comentários deixados neste blog poderão receber resposta diretamente no e-mail do remetente, se assim o desejar. Basta clicar em 'comentário' ou 'comentários' ao final de cada postagem e preencher o formulário, informando o endereço para resposta.
Comentários e perguntas podem também ser feitos através do twitter.

2 - A Comissão Julgadora responde perguntas por e-mail?

Não. Conforme item 9.1 do Edital, a Academia Leopoldinense de Letras e Artes designou cinco de seus membros para comporem a Comissão Julgadora, com o objetivo exclusivo de atuarem na seleção dos dez trabalhos que serão apresentados para julgamento na final a ser realizada no dia 14 de novembro de 2014, no Museu Espaço dos Anjos, Rua Cotegipe, 386 - Centro, Leopoldina, MG. Nenhum membro desta comissão participa da Assessoria de Comunicação do Concurso, a qual não participa da Comissão Julgadora nem do juri final.

3 - Haverá votação pela internet?

Não. Apenas os membros da Comissão Julgadora participarão da seleção dos dez trabalhos finalistas. No julgamento final, o juri será composto por membros da Academia Leopoldinense de Letras e Artes e representante da Secretaria Municipal de Cultura, Esporte, Lazer e Turismo do município de Leopoldina.

quinta-feira, 11 de setembro de 2014

Declamação de Poesia

Museu Espaço dos Anjos

Segundo a acadêmica Glória Barroso, 
"uma razão para escolha de Augusto dos Anjos para Patrono da Academia Leopoldinense de Letras e Artes foi, naturalmente, o encontro - acaso, destino? - do poeta, nascido no distante estado da Paraíba e Leopoldina que o acolheu em vida e na morte".
Glória escolheu trechos da obra de Augusto dos Anjos para declamar no dia 24 de outubro, como homenagem àquele que marcou sua poesia como "expressão de suas vivências, seus questionamentos sobre a vida e a morte, a doença, as perdas, o absurdo da existência".

Veja aqui o programa completo das homenagens.

quarta-feira, 10 de setembro de 2014

Abertas as Inscrições para o Concurso de Poesia



A partir de hoje, dia 10 de setembro de 2014, a Secretaria Municipal de Cultura, Esporte, Lazer e Turismo receberá as inscrições para o 23º Concurso Nacional de Poesias Augusto dos Anjos.


Leia o Edital neste endereço.

A entrega da(s) poesia(s) e da documentação poderá ser feita pessoalmente (no endereço abaixo, no horário de 8 horas às 13 horas) ou através de remessa, via correio, com Aviso de Recebimento (AR).


23º Concurso Nacional de Poesias Augusto dos Anjos/2014.

Secretaria Municipal de Cultura, Esporte, Lazer e Turismo
Rua Barão de Cotegipe – 386 - Centro
Leopoldina/MG - CEP 36700-000 

segunda-feira, 8 de setembro de 2014

Oficina de Declamação


Centenário de Morte de Augusto dos Anjos


Segundo as acadêmicas Glaucia Costa e Begma Tavares, "a oficina de poesia é um espaço dedicado à leitura de poemas, incentivando a interpretação, a fruição e a reflexão em torno da linguagem poética: sua sonoridade, as imagens, as metáforas e outros recursos do poético".

Assim será a atividade que elas desenvolverão no dia 24 de outubro, no Museu Espaço dos Anjos, às 14 horas. As inscrições já estão abertas no próprio local, Rua Barão de Cotegipe, 386 – Centro – Leopoldina, MG.

sexta-feira, 5 de setembro de 2014

Rememorizando Augusto dos Anjos

Centenário de Morte de Augusto dos Anjos

Segundo a acadêmica Maria José Ladeira Garcia, a obra de Augusto dos Anjos apresenta características que permitem dividi-la em três fases: "a primeira, influenciada pelo simbolismo e sem a originalidade que marcaria as posteriores; a segunda revela o caráter de sua visão de mundo peculiar; a última fase corresponde à sua poesia mais complexa e madura”. 

É sobre isto que a professora Maria José falará no dia 24 de outubro, às 19 horas, no Museu Espaço dos Anjos, como parte das homenagens pelo Centenário de Morte de Augusto dos Anjos. 

Veja aqui a programação completa das homenagens pelo Centenário de Morte de Augusto dos Anjos.

terça-feira, 2 de setembro de 2014

Cutubas: clube de negros, território de bambas.

Cutubas: clube de negros, território de bambas
Como parte da programação de homenagens pelo centenário de morte de Augusto dos Anjos, no dia 24 de outubro acontecerá o lançamento do livro CUTUBAS: clube de negros, território de bambas  - Memória e Patrimônio Afrodescendente de Leopoldina, MG. A convite das acadêmicas Natania Nogueira e Glaucia Costa, a autora Margareth Cordeiro Franklin estará no Museu Espaço dos Anjos a partir das 19 horas, autografando e conversando sobre a obra.
Trata-se da história de uma agremiação fundada no início do século XX, sob a influência de novos paradigmas sociais entre os quais a poesia de Augusto dos Anjos se insere. Para saber um pouco sobre a obra, indicamos análise neste endereço.

Postagem em destaque

Regulamento do V Concurso Literário da ALLA