terça-feira, 14 de agosto de 2018

Luiz Raphael, o mordomo de Augusto

Luiz Raphael foi artista visual, professor, animador cultural, pesquisador, carnavalesco e, acima de tudo, um grande batalhador pela cultura na nossa região.

Na casa onde viveu e morreu o poeta Augusto dos Anjos, criou o Espaço dos Anjos, uma escola livre de desenho e pintura. Durante 25 anos – sem nenhuma ajuda oficial – manteve o Espaço dos Anjos aberto e se tornou um guardião da obra do poeta paraibano e também do passado e do presente de Leopoldina, projetando a cidade nacionalmente. Ele pertenceu profundamente à sua terra e foi também, pela sua abertura de idéias, um cidadão do mundo.

Durante décadas, com paciência, sensibilidade e pincéis pequenos, captou a alma da cidade e reconstruiu lugares que muitas vezes já desapareceram, mas que sobrevivem na nossa lembrança. Diante de sua pintura, sentimo-nos como se Raphael nos pegasse pela mão e nos levasse a percorrer e a apreciar casas, becos, esquinas, praças, jardins, quebradas, climas e sentimentos banhados de uma luz brilhante e calorosa.
Do acadêmico Elias Fajardo 
pela passagem do 11º aniversário de morte de seu patrono. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Favor informar endereço de e-mail para resposta.

Postagem em destaque

Regulamento do V Concurso Literário da ALLA