sexta-feira, 14 de novembro de 2014

100 anos da morte de Augusto dos Anjos

"Matéria especial, exibida na quarta-feira, 12/11/2014, no Correio Debate (TV Correio), sobre a homenagem da Academia Paraibana de Letras (APL) ao centenário de morte de Augusto dos Anjos, com a inauguração de uma estátua de corpo inteiro do ilustre poeta. Na mesma matéria, o cantor e compositor Gustavo Magno, em entrevista ao repórter Saimon Cavalcanti, fala das adaptações musicais que fez de poemas de Augusto dos Anjos e de sua admiração pelo poeta. Gustavo Magno gravou "Versos íntimos", no CD "Divina virtude", lançado nacionalmente pela gravadora Atração Fonográfica.
A entrevista foi realizada no Memorial Augusto dos Anjos, na sede da APL – Rua Duque de Caxias, 25/37. Centro.
Augusto dos Anjos, o poeta do EU, nasceu em 1884, no engenho Pau D’Arco, no município paraibano de Sapé. Professor do Liceu (1908), viveu na Paraíba até 1910, quando se transferiu para o Rio de Janeiro, empenhado em publicar seu livro, editado em 1912. Deixou o Rio em 1914, quando foi nomeado diretor do Grupo Escolar Ribeiro Junqueira, em Leopoldina, vindo a falecer dia 12 de novembro de 1914."



Nenhum comentário:

Postar um comentário