segunda-feira, 14 de março de 2016

Tem Tudo a Ver

Neste Dia Nacional da Poesia, a Academia Leopoldinense de Letras e Artes cumprimenta todos os poetas através das palavras de Elias José.

TEM TUDO A VER

Elias José*
A poesia
tem tudo a ver
com tua dor e alegrias,
com as cores, as formas, os cheiros,
os sabores e a música
do mundo.

A poesia
tem tudo a ver
com o sorriso da criança,
o diálogo dos namorados,
as lágrimas diante da morte,
os olhos pedindo pão.

A poesia
tem tudo a ver
com a plumagem, o voo e o canto,
a veloz acrobacia dos peixes,
as cores todas do arco-íris,
o ritmo dos rios e cachoeiras,
o brilho da lua, do sol e das estrelas,

a explosão em verde, em flores e frutos.

A poesia
- é só abrir os olhos e ver –
tem tudo a ver
com tudo.

*In: LEITE, Maristela Petrili de Almeida; SOTO, Pascoal. (coord.). Palavras de encantamento: antologia de poetas brasileiros. São Paulo: Moderna, 2001. (Literatura em minha casa, vol. 1).

Nenhum comentário:

Postar um comentário